13.10.16

[Memórias afetivas - um dia na casa da dinda]


Já faz um tempão que decidimos fotografar exclusivamente crianças! Sejam elas ainda dentro da barriga da mamãe, sozinhas, com a família, brincando, pousando, aniversariando… o importante para nós é fotografá-las e criar lembranças e memórias! E quando os país nos procuram e perguntam qual o nosso estilo de fotografia falamos: “de perto”. Quem nos acompanha sabe que gostamos de está ali colados, nem que para isso ganhemos muita babas e alguns cocôs! rsrsrs

Revirando nossas caixas de fotos da família (e são muiiiiitas fotos), vimos registros reais de nossa infância. Tem muita foto de ensaio pousado porque nossa família sempre foi muito apaixonada por fotografia. Mas tem muita foto da vida - ahhh e essas parecem ter mais valor. “Nosso pai ainda vivo, jovem, deitado no sofá da sala brincando com uma de nós”; “Nós ainda crianças abrindo os presentes de natal ao redor da árvore”; “Ainda pequenas tomando banho de tina no quintal de casa”.. são lembranças maravilhosas! Histórias contadas através da fotografia. 

Caramba, ficamos palpitando com aquilo na cabeça. Sentimos que falta algo mais para oferecer. Dentro do nosso universo fazemos um pouco de tudo: ensaios cenográficos; ao ar livre; lifestyle. E não conseguimos nos decidir qual que gostamos mais, pois cada tem seu valor e objetivo. Mas batia no fundo de nosso coração uma vontade de fazer um outro formato, que sabíamos o que era mas não sabíamos definir como. Até que assistimos uma palestra do Renato DPaula e aí tudo fez sentido. 

Fomos apresentadas a “Fotografia Documental” e o prazer foi todo nosso. Era isso q queríamos fazer! Contar histórias como elas são. Retratar como a família passa o seu dia e garantir memórias reais para um futuro. Ver beleza em imagens q não interferimos, apenas apreciamos e registramos. E assim nasceu o projeto “Memórias afetivas”.

Isso é ainda um projeto. como toda categoria de fotografia, exige estudo, pratica e aperfeiçoamento. E quanto a isso, não começamos nem a engatinhar. Mas, a oportunidade surgiu e os clicks também!

Afilhados vieram passar um dia e meio na casa das dindas. Como diz mamãe: “sopa no mel”. Ainda não é um trabalho como pretendemos oferecer, mas já dá para ter um gostinho do que vem por ai!

Acompanhem de pertinho! Vamos amar abrir as portas dessas famílias para vocês! Ahhh tem muito mas foto no nosso facebook!
















Nenhum comentário:

Postar um comentário